terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Poucos, mas bons

No passado dia 29, com as condições do mar ainda extremamente agrestes, com 4 metros de ondulação e sem vento, fomos tentar um surfcasting numa baía de rebolos na Costa Vicentina, um local que nunca tinhamos visitado antes.

A pesca começou algo complicada, com a presença de muitos destroços trazidos pelo mar. Ainda apanhei uma alcatifa de carro que me deu uma luta enorme :-p! Deslocámo-nos um pouco na baía para norte a fim de os evitar, e na paciência lá conseguimos apanhar 4 belos sargos, sendo que o meu tio ainda teve 2 que conseguiram partir-lhe o estralho de 0,28 mm. Os rebolos eram grandes e muito arredondados, o que tornava bastante difícil por o peixe em seco com o mar que batia com violência nos mesmos, pois havia sempre o risco de a chumbada encalhar, como chegou a acontecer mesmo só a trazer a pesca, felizmente sem peixe!



video


7 comentários:

  1. Realmente nem me lembrava da ultima vez que um peixe me tinha partido o estralho. De referir que com a corrente k se fazia sentir não podia ter a embreagem completamente aberta, e foram todos partidos rapidamente sem hipótese de reacção. O engraçado é k recuperei um dos anzóis, pois apanhei um dos que partiram. foram duas capturas que deram muito gozo. Pois a luta que deram foi grande, e tive de molhar o rabo em ambas as capturas. Tive de entrar mesmo naquele mar para os sacar. pena que o Jorge não tenha podido gravar também :x
    Para além das capturas, foi um dia muito bem passado, ganhamos experiência, e ficamos a conhecer mais um local que nos poderá vir a dar bons momentos no futuro.

    ResponderEliminar
  2. Nesse spot com esse mar, foi bem bom teres dado com esses peixes e teres conseguido tirar no meio dos rebolos... :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, os rebolos eram muito chatos para tirar o peixe, ainda por cima devido à grande inclinação que havia o mar quebrava violentamente. Mas é um sítio para lá voltar com o mar mais "fácil", sem dúvida!

      Abraço

      Eliminar
  3. Mais valem poucos mas de bom lote, do que muitos e pequenos. Nem quero imaginar a quantidade de lixo que irá dar às praias e recantos da nossa costa depois desta maresia... : (

    Saúde e um 2014 cheio de muitas e boas capturas! ; ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou defensor dessa ideologia, por isso já me dei por satifeito ;-)

      Sim, ali estava muito lixo no canto Sul da baía, desde cordas, madeiras, plásticos... antigamente ainda podia perceber por haver muita falta de informação, mas hoje em dia é inadmissível haver muitos barcos e pessoas a deitarem lixo no mar :-(

      Eliminar
    2. O grande objectivo dos "CURIOSOS" é esse mesmo, qualidade. temos vindo a melhorar muito nesse aspecto, mas conscientes de que ainda temos muito caminho a percorrer. Realmente,como não vendemos peixe (nem é esse o objectivo), o que apanhamos é mais que suficiente para o nosso consumo. damos o excedente. Daí que a nossa preocupação seja o de apanhar melhores exemplares.

      Eliminar
  4. Bons sargos com esse marzorro, não é facil... parabens

    ResponderEliminar